Sobre duas rodas

Bicicletas estão na moda e já não são mais apenas itens de lazer. Seja um ciclista consciente e aprenda seus direitos e deveres nas ruas.

Sobre duas rodas

A hora da bike é essa. Deixou de ser apenas um acessório para o lazer e é encarada por cada vez mais pessoas como um veículo de transporte alternativo e, principalmente, sustentável e saudável. Sua presença está ficando comum nas ruas das metrópoles, competindo espaço com a massa de carros, ônibus e motos. Mas, como ainda não há uma cultura consolidada de convivência no trânsito, é bom tomar alguns cuidados antes de sair pedalando por aí.

Ciclista também é motorista

E tem direitos e deveres no trânsito. Conheça-os e confira dicas de segurança.

Opa... Não dá para dispensar os principais equipamentos de segurança. Fique ligeiro!

Campainha e espelho retrovisor são frescuras? Não, são obrigatórios segundo o Código de Trânsito Brasileiro, assim como as sinalizações noturnas (na dianteira, na traseira e nas laterais dos pedais).

Se for pedalar à noite, use roupas que facilitam a visualização (claras, de cores fortes como as neons ou as reluzentes).

Você acha legal pedalar em zigue-zague ou costurando? Então, vá a um parque. No trânsito, pedale sempre à direita,em linha reta e nunca na contramão.

Lembre-se de que é proibido pedalar em calçadas, passarelas e outras vias exclusivas para pedestres. A não ser que você pule da bike e passe a caminhar, empurrando-a.

Fone de ouvido? Não! A música pode desviar sua atenção ou mesmo impedir que você ouça algo que pode salvá-lo de um acidente.