COMO TRATAR A ACNE NA ADOLESCÊNCIA PASSO A PASSO

Quem não sonha com uma pele livre de cravos e espinhas, principalmente na adolescência, uma fase da vida em que a sensibilidade é tão aguçada? Apesar de se tratar de um problema incômodo e muitas vezes difícil, capaz de causar estresse, insegurança e ansiedade, há maneiras de preveni-las e aliviar os efeitos. Entenda por que a acne juvenil aparece e veja como lidar com ela.

 

. A origem

Em geral, as espinhas e cravos surgem durante a adolescência, período em que o corpo passa por uma série de variações hormonais e as glândulas sebáceas produzem uma quantidade maior de sebo, uma gordura que protege e lubrifica a pele. Quando os poros estão obstruídos por proteínas produzidas pelo próprio corpo ou por restos de pele, esse óleo natural não tem por onde sair. Bactérias como a Propionibacterium acnes se alimentam desse sebo e se proliferam.

Para combatê-las, o corpo ativa automaticamente o sistema de defesa natural, e essa ação provoca uma reação inflamatória que pode evoluir para cravos e espinhas. A acne costuma surgir entre os 12 e os 18 anos de idade, na chamada “zona T” do rosto – queixo, nariz e testa, e pode ter também um componente hereditário.

 

. Como prevenir

É indispensável manter uma rotina de limpeza e hidratação da pele, com produtos específicos que removem impurezas, têm ação esfoliante, protegem contra bactérias e hidratam sem obstruir os poros. Para a prevenção da acne, também é importante investir em uma dieta saudável e balanceada, com menos carboidratos de alto índice glicêmico, como açúcar, farinha, laticínios e chocolate. E, se possível, reduzir o nível de estresse.

Porém, em alguns casos não há como evitar o surgimento das lesões, principalmente quando há histórico familiar ou quando a pele do adolescente é mais oleosa e favorece o aparecimento de cravos e espinhas. Nesse caso, o melhor é iniciar o tratamento o mais precocemente possível, para aumentar a possibilidade de diagnosticar e reduzir o problema mais rapidamente.

 

. O tratamento

A receita para o tratamento da acne na adolescência pode incluir medicamentos, protetores solares, produtos para controlar a oleosidade e outros específicos para acne, alimentação saudável e adoção de um estilo de vida mais relaxado.

 

. Como evitar marcas na pele

Evite ao máximo espremer cravos e espinhas, para evitar marcas e cicatrizes de acne. Se mesmo depois das fases de prevenção e tratamento as lesões teimarem em aparecer, tente controlar a inflamação das espinhas para conter a formação de marcas. Como fazer isso? Evite temperaturas extremas e a luz solar diretamente no rosto, não cutuque as espinhas e faça limpezas de pele com um especialista.

Se o problema persistir, procure a ajuda de um dermatologista. Ele saberá indicar o melhor tratamento para cada tipo de acne.

Cuidado facial