MITOS E VERDADES SOBRE ACNE

O aparecimento de cravos e espinhas está relacionado a diferentes causas: desequilíbrio hormonal, hereditariedade, má alimentação, estresse, síndromes endócrinas e por aí vai. Uma coisa, porém, é conhecida de quem sofre com acne: incomoda um bocado e muitas vezes é difícil saber como evitá-la ou como tratar as lesões que teimam em aparecer.

Além de uma rotina de cuidados faciais que inclui higienização, hidratação, esfoliação e o uso de filtro solar, a prática regular de exercícios físicos e uma alimentação saudável ajudam a prevenir a acne. Saber mais sobre a condição também aumenta as chances de afastar o problema. Veja o que é verdade e o que é mito quando o assunto são cravos e espinhas.

1. A acne é contagiosa

Mito. Cravos e espinhas estão relacionados com problemas hormonais e excesso de oleosidade na pele e, mesmo sendo classificada como doença infecciosa, a acne não é contagiosa, ou seja, não é transmissível de pessoa para pessoa.

2. Não se deve espremer cravos e espinhas

Verdade. Já reparou quantas vezes, ao cutucar uma espinha, ela voltou maior e mais inflamada? Forçar a saída do pus ou do cravo, além de não eliminar toda a acne pode machucar a pele e deixar marcas ou cicatrizes. A pele ferida ainda se torna alvo fácil de bactérias e outros microrganismos, o que aumenta o risco de infecção. Por isso, dedinhos longe de cravos e espinhas.

3. Limpeza de pele ajuda a combater a acne

Depende. Se o problema são só cravos, a limpeza de pele ajuda a manter a pele limpa e saudável e os poros desobstruídos e mais fechados. Porém, no caso de espinhas muito inflamadas, o tratamento pode ser agressivo, por isso convém evitar uma limpeza mais agressiva.

4. O sol seca as espinhas

Mito. O que acontece é que, por conta do bronzeamento que uniformiza a pele, tem-se a impressão de melhora. O problema, porém, vem com o efeito rebote: ao perceber a pele do rosto ressecada, o organismo produz mais sebo para protegê-la. Além disso, o sol pode deixar manchas permanentes na pele.  

5. Chocolate causa espinha

Depende. Não há estudos que comprovem essa teoria. O que se sabe é que alimentos ricos em gordura e açúcar aumentam os processos inflamatórios do corpo devido ao alto índice glicêmico. Por isso, se não der para evitar, reduza o consumo e prefira os chocolates meio amargo ou amargo, mais ricos em cacau.

Cuidado facial