QUANDO A ACNE VIRA BULLYING

Conviver com espinhas na adolescência não é nada fácil. Problema natural dessa fase da vida – afeta cerca de 85% dos adolescentes –, a acne mexe com a autoestima, e as marcas na pele muitas vezes causam tristeza, vergonha e angústia. Para piorar o quadro, a condição ainda pode virar motivo de bullying, num momento em que o jovem, ao passar por uma série de mudanças, está inseguro e preocupado com a sua aparência. Esse tipo de humilhação – que muitas vezes é considerada “brincadeira” – pode afetar a saúde física e mental.

Muita gente, com o intuito de “ajudar” quem sofre com espinhas, acaba praticando bullying sem perceber. Por isso não dê conselhos demais. Quem sofre com essa condição costuma saber o que funciona ou não quando se trata de espinhas. Veja quatro conselhos que você não deve dar nunca para quem tem acne.

. Você já lavou o rosto hoje?

Devido ao seu aspecto oleoso, a pele com espinhas pode parecer que está “suja”, porém a acne não tem nada a ver com higiene pessoal. Os gatilhos para uma pele acneica são outros, como alterações hormonais, hereditariedade, certos medicamentos e produtos faciais muito oleosos. O melhor, aliás, é não exagerar no número de lavagens para não retirar demais a oleosidade natural e sofrer o efeito rebote, que é quando o organismo produz mais gordura para proteger a pele do ressecamento. A rotina diária ideal de cuidados faciais para quem tem a pele oleosa é lavar o rosto duas vezes ao dia (de manhã e à noite), hidratá-lo a cada lavagem com produtos que não obstruem os poros (os em gel são uma boa pedida) e passar protetor solar depois da hidratação matinal.

. Você devia parar de comer chocolate

Uma dieta mais saudável, rica em grãos integrais, frutas e verduras, e pobre em alimentos ultraprocessados, em gordura e açúcares refinados, pode contribuir para a saúde da pele e do organismo como um todo, mas a relação entre comida e acne ainda não é consensual na comunidade científica. Cortar o chocolate pode melhorar as espinhas para uma pessoa e não fazer a menor diferença para outra.

. Se eu fosse você, parava de usar maquiagem já!

Quem tem acne usa maquiagem justamente para esconder as marcas e se sentir um pouco melhor, por isso não critique quem utiliza esse recurso. Mesmo porque há produtos de maquiagem adequados para esse tipo de pele, que não agravam a acne. Os não comedogênicos são os mais indicados, pois não obstruem os poros.

. Por que você não espreme essas espinhas todas?

Vontade é o que não falta para quem tem uma ou várias espinhas pelo rosto. O problema de cutucá-las é que isso piora a acne. As pequenas feridas que se formam a cada espremida podem inflamar ainda mais a lesão. O saldo final pode ser uma pele ainda mais marcada, com manchas e cicatrizes permanentes.

Cuidado facial